POUTAQUEPAREEEEEUUUU!!! Agora que já deixei claro que irei falar de um pooooouta discão de metal vamos aos detalhes

Vinda do Tocantins, uma dos estados brasileiros mais cativantes culturalmente, por seu folclore riquíssimo, a banda Vocifer, faz sua estreia de forma brilhante, com um discaço cativante e irretocável.

Confesso que há tempos não ouvia um disco de power metal melódico tão bom. Tudo extremante equilibrado, uma produção primorosa (assinada pelo mestre Thiago Bianchi, no estúdio Fusão), todos os instrumentos soando sem exagero e um linha vocal foderosa, que deixaria o maestro André Matos arrepiado!!!

“Boiuna” é um disco conceitual, e todas as faixas contam a história da cobra gigante que da nome ao disco e cujas lendas aterrorizam a população ribeirinha que vive às margens do rio Tocantins.

Como não poderia ser diferente, o som da banda traz uma mistura de metal com ritmos regionais com aquela pegada e groove que só nós brasileiros conseguimos e é formada por João Noleto (vocal), Lucas Lago (baixo), Raphael Carvalho (bateria) e Pedro Scheid e Gustavo Oliveira (guitarras)

Sem dúvida estamos diante de um nome que poderá se tornar uma referência no chamado “metal nativo brasileiro’, ao lado de nomes como Arandu Arakuaa, Voodoopriest, Armadha.

Pai da Lucy, baixista do Souls of Rage, guitarra e vocal do Covah e headbanger fanático, atuou em diversas frentes da cena underground nacional, desde trabalhos de roadie, técnico de som e produção, até editor e apresentador do extinto programa Metaslpash na AllTv.