O músico Varg Vikernes (Burzum) falou em seu canal no YouTube sobre o filme “Lords Of Chaos”, que retrata os primórdios da cena black metal da Noruega. A produção, marcada para estrear em 8 de fevereiro nos Estados Unidos, é baseada no livro de não-ficção de mesmo nome, lançado em 1998.

Em seu comentário, transcrito pelo site Ultimate Guitar, Varg Vikernes faz alguns comentários a respeito do filme. Ele destaca, por exemplo, que o “ator judeu e gordo” que o interpreta (Emory Cohen) tem falas e atitudes que não retratam a realidade.

“Então, você assistiu a ‘Lords of Chaos’, filme que tem um ator judeu e gordo me interpretando. A propósito, sou escandinavo… o ator judeu e gordo diz coisas no filme que eu nunca falei. Recebeu coisas que eu nunca recebi. Fez coisas que eu nunca fiz. Fez coisas por razões que eu nunca tive. Conheceu pessoas que eu nunca ouvi falar”.

Segundo Vikernes, “o filme todo é inventado”. “Se eles realmente pesquisaram sobre a história, eles devem ter ignorado tudo o que acharam e optaram por inventar uma história. Tudo nesse filme está errado”, disse.

Varg apontou, então, duas fontes para que as pessoas conheçam a verdadeira história: as playlists em seu canal de YouTube e o documento de seu julgamento em 1993, em acusação por ter assassinado Euronymous (guitarrista do Mayhem). O músico do Burzum cumpriu pena por quase 16 anos, recebendo liberdade condicional em 2009. Segundo ele, o texto jurídico está disponível no tribunal de Oslo, na Noruega.

“Quando você percebe que esse filme é só um monte de porcarias inventadas, a sugestão é que você contemple um pouco sobre o conceito e entenda que não sou o único na história que foi exposto ao assassinato de personagens – uma arma comum usada por pessoas que não gostam de europeus. Sou um cara de família tradicional, que escreve livros sobre o politeísmo europeu, faz vídeos como youtuber e atua como designer de jogos RPG. Eles me difamam porque, mesmo após 26 anos de ameaças, perseguição, prisão e assédio, ainda me posiciono contra as mentiras deles”.

Veja o vídeo de Varg Vikernes (sem legendas):

“Lords Of Chaos” conta a história do Mayhem, mas a trajetória da banda se mistura diretamente com a cena black metal da Noruega. Em sinopse, é dito que o longa narra o desejo de Euronymous em “em criar o verdadeiro black metal norueguês”: “Ele passa a montar estratégias publicitárias chocantes para trazer fama à banda. Porém, os limites entre show e realidade começam a se misturar e o excesso de violência choca a nação”.

O longa-metragem tem produção de Jonas Åkerlund, que foi baterista do Bathory. Entre outros atores, fazem parte do elenco: Rory Culkin como Euronymous, Anthony De La Torre como Hellhammer, Emory Cohen como Varg Vikernes, Jack Kilmer (filho de Val Kilmer) como Yngve “Dead” Ohlin, Jonathan Barnwell como Necrobutcher, Wilson Gonzalez Ochsenknecht como Blackthorn, Andrew Lavelle como Fenriz e James Edwin como Manheim.

Assista ao trailer:

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.