Cinquenta anos de carreira, o UFO anunciou sua turnê final pelos EUA. O vocalista Phil Mogg usará essas datas da turnê como seu canto do cisne, celebrando cinco décadas como o membro mais antigo do UFO.

A banda acabará como uma das bandas mais influentes da sua época, grande influência para a New Wave of British Heavy Metal, por exemplo. A lenda dos Scorpions, Michael Schenker, também esteve muitos anos com UFO, tocando e improvisando com a banda de rock entre 1973 e 2003.

“Essa decisão vem há muito tempo. Eu pensei em sair no final das turnês anteriores do UFO em 2016. Eu não quero chamar isso de turnê de despedida, já que eu odeio essa palavra, mas os shows deste ano representarão minhas aparições finais de sapateado com a banda.”

2019 marca o 50º aniversário do OVNI, então a hora parece certa. Haverá uma turnê final no Reino Unido e também tocaremos alguns shows em outras cidades selecionadas com as quais a banda tem uma forte conexão. Mas fora do Reino Unido, isso não será uma turnê longa. Estar na estrada nem sempre é tremendamente luxuoso e, embora tocar seja tão bom quanto sempre foi, o material que o envolve tornou-se muito cansativo. Eu sempre dizia a mim mesmo que, quando chegasse àquele estágio, eu me demitiria e isso seria o que eu faria. Este é o momento certo para eu sair.

Talvez a melhor palavra para usar seja ‘agridoce’. Mas meu tempo em deixar o UFO chegou, e tudo o que resta é ter certeza de que faremos uma ótima turnê.”

Phil Mogg, vocalista do UFO

Saiba mais sobre UFO.

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.