Tarja Turunen, ex-vocalista do Nightwish, revelou em entrevista ao Loudwire, transcrita pelo Ultimate Guitar, que não era fã de metal antes de entrar para a banda que a consagrou. Ela disse, ainda, que nunca pensou em se tornar uma cantora do estilo.

“Eu não era fã de metal. É isso, nunca pensei na minha vida toda que me tornaria cantora de metal. Não! No entanto, isso simplesmente aconteceu, porque eu aceitei o desafio. Senti que a música era muito bonita, senti que era capaz de fazer isso”, afirmou.

A cantora disse que, desde quando era criança, sempre se sentiu “ansiosa” para aceitar desafios. “O Nightwish foi algo desse tipo para mim. Algo como: ‘ei, vamos ver o que vai acontecer’. E, uau (risos), as coisas apenas acontecem. Minha vida mudou completamente”, pontuou.

Antes do Nightwish, Tarja Turunen era fã de bandas de hard rock, como Whitesnake, Alice Cooper, Scorpions e outros nomes descritos como “melódicos” por ela. “Metal era Metallica para mim. Eu não conhecia o estilo até me tornar uma vocalista de heavy metal em uma banda de heavy metal (risos). Toda a cena se abriu para mim e foi incrível. Eu encontrei muita beleza nela”, afirmou.

Durante a mesma entrevista, Tarja Turunen contou que a ideia original do Nightwish era ser uma banda acústica. Todavia, a orientação do projeto foi modificada devido à voz dela ser “potente demais”.

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.