Em uma nova entrevista ao podcast “Side Jams With Bryan Reesman“, Serj Tankian, vocalista do SYSTEM OF A DOWN, foi questionado sobre como ele concilia em sua mente o fato de que alguns fãs da banda podem não concordar com suas opiniões políticas. Ele respondeu:

“Eu não concilio. Eu sempre expliquei música como pizza – algumas pessoas gostam de borda, outras de queijo, outras de recheio. Quando as pessoas dizem nas redes que amam minhas músicas, mas não querem ouvir minhas ideias políticas… ok, se são gentis, é justo, mas às vezes as pessoas são maldosas. Mas o que eu não entendo, e muitos fãs também dizem isso, é: vocês não deram atenção para as letras das músicas por 20 anos? Essas coisas são ditas nas minhas músicas o tempo todo. Vocês só ficam dançando essas músicas por serem dançantes? Não entenderam a mensagem? E está tudo bem também, pois as pessoas podem apenas gostar de música pesada. Nunca pensaram que ‘B.Y.O.B.’ é anti-imperialista, talvez. Não sei… mas é interessante

“A única coisa que posso dizer sobre isso é que precisamos gastar mais em educação pública. [Risos] Uma das poucas coisas que podem ser uma ótima solução para nossa possível autodestruição ambiental de longo prazo e tudo isso, e a maneira mais fácil de começar a consertá-lo é primeiro consertando-nos – precisamos nos consertar primeiro. “

Os comentários de Tankian vêm apenas alguns dias depois que seu colega de banda, o baterista, John Dolmayan, elogiar Donald Trump, chamando-o de “o presidente mais atacado da história e o maior amigo das minorias”.

Há uma clara ruptura de ideologias dentro da banda, talvez por isso jamais retornem por completo.

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.