O Slipknot se separou do percussionista Chris Fehn, após a informação de que Fehn havia entrado com uma ação contra a banda por causa de uma disputa contábil. De acordo com este relatório, Fehn acusou seus colegas de banda – principalmente Corey Taylor e M. Shawn Crahan – de distribuir injustamente os lucros da banda, alegando que eles canalizaram quantias maiores para si mesmos através de vários negócios afiliados ao Slipknot.

Dizem que Fehn está buscando uma contabilidade completa da infra-estrutura e dos ativos da banda para estabelecer os danos e os lucros supostamente devidos. Em um novo comunicado, a banda revelou que desde então demitiu Fehn, afirmando:

“O foco do Slipknot está em fazer o álbum nº 6, nossos próximos shows ao redor do mundo, nosso melhor sempre. Chris sabe por que ele não faz mais parte do Slipknot. Estamos desapontados por ele ter escolhido apontar e fabricar reivindicações, em vez de fazer o que era necessário para continuar a fazer parte do Slipknot. Nós teríamos preferido que ele não tomasse o caminho que ele tomou, mas evolução em todas as coisas é uma parte necessária desta vida.

Viva ao Knot.

Saiba mais sobre SLIPKNOT.

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.