A depressão é a maior causa dos suicídios no mundo e, de acordo com pesquisas nessa área, são registrados cerca de 12 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 1 milhão em todo mundo. Esses números alarmantes só mostram que a depressão não é só um dos piores males do século como, também, uma das doenças que mais mata atualmente, pois ela age lentamente e, ao mesmo tempo, de forma muito agressiva maximizando os pensamentos negativos que nem a pessoa com a maior força de vontade consegue driblá-los sem ajuda profissional.

Pode ser visível, no caso de reclusão, tristeza intermitente, falta de vontade de viver, ou invisível para terceiros, onde a pessoa na frente dos outros se mostra sorridente e atuante, mas assim que volta-se para si mesmo, adoece sozinho num profundo mundo solitário. Sem acompanhamento psicológico profissional adequado, e muito auxílio familiar, esse transtorno mental pode se agravar e levar ao último dos atos de desespero: o suicídio. Coragem ou covardia? Ninguém pode responder essa pergunta, mas podemos SIM prevenir!

Com isso em mente, o SCARS mergulhou de cabeça nessa temática e compôs para seu recém lançado trabalho de estúdio, “Predatory”, a faixa-hino contra o suicídio, a emblemática “Sad Darkness Of The Soul”, e lançada como videoclipe no dia do lançamento do álbum, 7 de agosto, via Brutal Records (EUA e Canadá), Proper Music (Europa) e Voice Music (Brasil).

Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza nacionalmente o Setembro Amarelo®. O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a campanha acontece durante todo o ano. Com o objetivo de prevenir e reduzir estes números, a campanha Setembro Amarelo® cresceu e hoje conquistou o Brasil inteiro.

Para mostrar todo o apoio a essa campanha, o SCARS soltou um pequeno vídeo extraído de “Sad Darkness Of The Soul”, onde mostra em diferentes línguas, muita mensagens positivas de respeito vida, encorajamento para luta contra esse mal e o quanto nós, seres humanos, somos não só importantes como, também, fortes!

Confira o vídeo de “Sad Darkness Of The Soul”:

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.