O Rammstein não é conhecido apenas por suas canções explícitas, eles também têm a reputação de ter um dos shows ao vivo mais espetaculares do mundo do metal. Nikolai Sabottka trabalha a pirotecnia para a banda e revelou quanto combustível a banda usa por show.

Durante uma entrevista com o Ultimate Guitar, Sabottka explicou que começou a trabalhar com o Rammstein em 1996 como seu gerente de turnê e produção. No entanto, ele se envolveu cada vez mais com a pirotecnia ao longo do tempo porque o frontman Till Lindemann estava originalmente lidando com eles.

“Bem, a banda começou sem pirotecnia profissional além de Till estar a frente disso, e tinha algumas maneiras pouco ortodoxas de se apresentar ao vivo com explosivos. Embora tenha aumentado sua popularidade muito rapidamente, também deixou alguns locais e bombeiros não muito felizes. A boa parte do meu trabalho por vários anos foi reverter isso enquanto o show tinha que parecer ainda mais espetacular e estávamos e estamos continuamente incrementando isso”, disse ele.

Um dos principais componentes do trabalho de Sabottka é avaliar o tamanho do local para determinar o projeto para os efeitos das chamas. Ele também tem que trabalhar com autoridades, como os bombeiros, para garantir que o espetáculo seja seguro para todos.

“Você pode não ter nenhum problema em uma cidade, mas precisa ir mais longe e fornecer toneladas de papelada e testes adicionais, no local, em outro – tudo pode acontecer em um país e apenas algumas horas de distância do seu último show “, elaborou.

E quanto combustível é necessário para colocar em um desses shows extravagantes de metal?

“A configuração atual em estádio usa cerca de 1000 litros”, revelou Sabottka.

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.