Em uma ação chocante, o governo da Polônia se tornou o primeiro a adicionar videogames como parte do currículo escolar. O jogo – This War Of Mine – será uma ferramenta educacional para estudantes do ensino médio como parte do ano letivo acadêmico 2020/2021.

O anúncio veio do membro da ISFE (Federação Interativa de Software da Europa) Spidor, que representa a indústria polonesa de videogames. As lições do jogo, que são um cenário de guerra que vira o roteiro de videogames típicos de tema de guerra, colocando o usuário no papel de civil, e não de combatente da linha de frente, têm aplicações em sociologia, ética, filosofia e história.

Inspirado por um conflito nos Bálcãs, o jogo de 2014, desenvolvido pela 11 Bit Studios, com sede em Varsóvia, baseia-se em moralidade e situações difíceis em que decisões devem ser tomadas para garantir necessidades básicas, como alimentos, remédios e abrigo.

“Pela primeira vez na história, um videogame foi incluído na lista de leitura recomendada para as escolas”, disse Dominika Urbanska-Galanciak, diretora da Spidor, que acrescentou: “Estamos satisfeitos que o Ministério da Educação e o Primeiro Ministro Mateusz Morawiecki apóia e reconhece o papel do setor de videogames na cultura, criatividade, inovação e até educação. Este é um ótimo exemplo de como os videogames podem apoiar a educação contando histórias e levantando importantes questões éticas “.

Simon Little, CEO da ISFE, ofereceu: “É extremamente emocionante ver um governo europeu reconhecer o valor dos videogames para a educação dessa maneira. Os videogames são uma parte intrínseca da sociedade do século XXI e trazem enormes benefícios, especialmente quando usados ​​apropriadamente em um ambiente escolar onde comprovadamente aumentam o envolvimento dos alunos e os resultados da aprendizagem, desenvolvem a formação de equipes, a solução de problemas e a agilidade mental “.

Assista a um trailer de This War of Mine diretamente abaixo.

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano apreciador de shows, e uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.