Os pioneiros do gothic metal britânico PARADISE LOST começaram no Reino Unido as gravações de seu próximo álbum com o produtor Jaime Gomez Arellano, esperado para o início de 2020.

A banda trabalhou anteriormente com Arellano nos álbuns “The Plague Within” (2015) e “Medusa” (2017).

Em agosto passado, o guitarrista Aaron Aedy confirmou ao canal Impact Metal que o vocalista Nick Holmes e o guitarrista Greg Mackintosh estavam trabalhando em um novo material. “Ainda não ouvi nada, então não posso revelar nada”, disse ele na época. “Conhecendo os dois, será um pouco miserável na linha do Paradise Lost.”

“Medusa”, o último álbum da banda, foi lançado em setembro de 2017 via Nuclear Blast. A obra de arte foi criada pelo Branca Studio e mostra a infame Gorgone Medusa da mitologia grega, carregando cobras venenosas como cabelos e transformando qualquer pessoa em pedra que ousaria olhar em seus olhos.

A Decibel Books anunciou recentemente a publicação de “No Celebration: A História Oficial do Paradise Lost”. Com vencimento em novembro, esta nova capa dura narra a carreira inovadora de três décadas dos progenitores britânicos do doom metal, com entrevistas detalhadas contadas em primeira mão e fotos nunca antes vistas.

O autor David E. Gehlke (“Damn The Machine: A História da Noise Records”) leva os leitores às profundezas de uma das bandas mais duradouras e recompensadoras do metal. Incluindo um prefácio do vocalista Karl Willetts do BOLT THROWER / MEMORIAM, esta edição de capa dura tem mais de 300 páginas e estritamente limitada a 1.000 cópias em todo o mundo. As encomendas já estão disponíveis aqui.

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.