“Tupinambás”, uma das faixas do EP “Anthropophagy Ritualis”, novo material da banda de death metal de Bertioga (SP) Neophitus, foi lançada como single no final de 2020 e agora recebeu um lyric video. Agendado para ser lançado em março pela Canil Records, o EP conceitual, que contou com arte de capa criada pelo artista Rodrigo Desoper (Desoper Arts), é baseado no ritual antropofágico dos Tupinambás. “Nosso EP fala sobre os Tupinambás e esta música narra a história da tribo, seus rituais, sua bravura e astúcia”, explicou o vocalista Alex Pinho.

Confira o lyric video “Tupinambás”:

O grupo, formado por Alex Pinho (vocal), Pablo Baez e Vinicius de Souza (guitarras), André Pavani (baixo) e Nando Morais (bateria), foi criado em maio de 2000. “Quando criamos a banda, nosso propósito era o de executar brutal death metal técnico, com passagens cadenciadas e mórbidas”, declarou o guitarrista Pablo Baez. “Já a parte lírica é baseada na filosofia, psiquiatria e história. Cada sentimento que move o ser humano como: ódio, dor e traição”, acrescentou Pinho.

Confira as faixas do EP conceitual “Anthropophagy Ritualis”, gravado, editado e masterizado por André Marques no Monolito Estúdios, em Mogi Das Cruzes (SP).
1- Tamoios War
2 – Tupi or Not Tupi
3 – Tupinambás
4 – Born To Die

“Tupi or Not Tupi” é baseada no conflito do povo indígena em manter sua identidade após a catequização. “Eles foram ser ‘convencidos’ a deixarem seus costumes, cultura, tradições e adotar a do homem europeu, ou confrontá-los para manter viva a sua própria cultura”, detalhou Vinicius Souza. “Já a música ‘Born To Die’ discorre sobre como um inimigo capturado era tratado no decorrer anterior ao ritual. Para ele, se oferecia as melhores comidas, aposentos e mulheres. Caso tivesse um filho neste período, ao completar a maioridade teria o mesmo destino do pai ‘inimigo capturado’: a morte ritualística antropofágica”, concluiu André Pavani.

Rede Metal no Instagram:

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.