Um episódio lamentável aconteceu no domingo, dia 8 de setembro, quando a banda holandesa de death/thrash metal se preparava para partir do Brasil, após apresentação no festival Setembro Negro, em São Paulo. A banda postou em seu perfil oficial do Facebook uma foto com a legenda “Bye Bye Brasil”.

A foto acima foi duramente criticada e logo excluída das redes, mas não à tempo de ser salva.

Vemos, sobretudo em comportamentos de europeus que de alguma forma acham que localidade e cor da pele os dão direito à desrespeito em forma de “piada” de mal gosto – peço que esqueça qualquer tentativa de generalização, pois cito especificamente os indivíduos que têm esse comportamento – a ação de representar pessoas de origem africana ou latina com bananas, nos chamando de macacos, na tentativa de rebaixar os indíviduos dessas duas regiões (temos diversos episódios desses em vídeo, em gramados europeus, por exemplo).

E antes de mais nada, para você que acha não é afetado por esse comportamento ridículo, por ser branco, ou por se achar O EUROPEU por causa de algum antepassado fugido de lá por causa das condições precárias causadas por alguma guerra e que veio para cá com a esperança de encontrar um país acolhedor e um recomeço, na maioria das vezes, sendo até expatriado, você é sim afetado, pois é algo que afeta um povo todo, é racista e é xenófobo.

A banda prontamente pediu desculpas no próprio perfil, alegando diversas coisas que, na visão deles, ameniza o ocorrido. Foram muitas desculpas nas respostas dessa mesma postagem: cansaço causado por jet-let; cansaço pós show; não serem capaz de saber o que culturalmente causa ofensa em todos os países que passam (!); que nosso baterista tem uma namorada brasileira (!!!); que as bananas eram apenas coincidência, pois era o café da manhã deles no aeroporto; entre outros;

É de conhecimento geral que gesto do “cego, surdo, mudo” nada tem a ver com o preconceito quando empregado de forma correta, pois remete ao simbolismo oriental e milenar dos Três Macacos Sábios, sobre não ver o demônio, não ouvir o demônio e não falar coisas demoníacas, a questão é, que uma falta de conhecimento mais apurada, ou puro preconceito mesmo, aliada com os componentes da foto, não pode ser tratada como apenas uma piada de mal gosto.

Erraram feio, Legion of the Damned, até nunca mais!