Em 27 de fevereiro, o LACUNA COIL participou de uma iniciativa chamada “L’Ultimo Concerto?” (“O Último Show?”). O intuito do evento era chamar a atenção para a situação das casas de shows da Itália, que completaram um ano sem poder funcionar, por conta da pandemia da Covid-19. Os fãs esperaram ansiosos para assistir uma live do grupo italiano, mas tiveram uma surpresa.

A iniciativa, que contou com mais de 100 artistas, não funcionaria como uma live tradicional, com apresentações ao vivo. Cada participante subiu ao palco em um local diferente e ao invés de tocar suas músicas, ficou em silêncio. Algum tempo depois do evento, o LACUNA COIL emitiu um comunicado em suas redes sociais, com o intuito de explicar a participação. Confira abaixo, na íntegra, a tradução do texto que a banda publicou.

“Vocês estavam esperando ver um show ao vivo enquanto nós apenas ficamos em silêncio. Não é uma piada de mau gosto. Esta é a situação dos clubes ao vivo na Itália. Locais onde conhecemos muitos de vocês.

É com esse gosto amargo na boca que pedimos o seu apoio. Para eles, um show ao vivo sem música não é um show ao vivo. Uma casa de shows silenciosa não é uma casa de shows.

Obrigado por fazer parte disso, pelo seu apoio, e por estar presente neste exato momento que espero ser um ponto de mudança.

De agora em diante, queremos apenas falar sobre o próximo show ao vivo”.

É claro que os fãs não entenderam muito bem a posição da banda. Alguns seguidores apareceram na publicação para demonstrar o carinho da torcida e questionar a atitude do grupo. Um usuário comentou: “Sim, é uma forma ‘ok’ de fazer uma declaração. Vocês sabem o que teria sido melhor? Realmente tocar em streaming e mostrar que, mesmo nessa situação, há uma maneira de a música resistir e sobreviver”.

Outra seguidora, que aparentemente estava muito chateada, também criticou a atitude de Cristina Scabbia e seus companheiros. “Muitas pessoas poderiam pagar para ver um show ao vivo, mesmo se estivesse em streaming e isso teria ajudado os locais pelos quais vocês estão lutando, mas em vez disso, vocês fizeram isso e só machucaram as pessoas que te seguem, dando-lhes falsas esperanças e as expectativas então obrigado pela decepção… Meu mês já estava ruim o suficiente”.

Rede Metal no Instagram:

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.