Max Kolesne, baterista da banda de death metal KRISIUN, postou nas redes sociais um texto em apoio ao povo chileno.

O Chile passa por uma série de protestos muito parecidos com os de 2013 no Brasil. Ambos começaram contra o aumento das passagens do transporte público e somaram outras reinvindicações como saúde e educação.

Os protestos tornaram-se menos pacíficos quando grupos queimaram torres de energia e vagões do metrô. O presidente Sebatián Piñera, então, declarou toque de recolher e colocou o exército nas ruas, coisa que não acontecia desde a ditadura Pinochet.

Confira o apoio de Max na íntegra abaixo:

“Meu suporte para meus irmãos chilenos, vocês são verdadeiros guerreiros.

Infelizmente, aqui no Brasil, nós também vivemos debaixo da sombra de políticos corruptos, gananciosos, ignorantes, racistas e fascistas. Eles são criminosos, mentirosos, assassinos. Sanguessugas que vivem de abusar e explorar dos seres humanos, dos trabalhadores, dos pobres, das famílias, dos mais velhos e aposentados…

Esses políticos não se importam com justiça social, educação, inclusão, igualdade, direitos iguais, distribuição de renda justa…

Eles não respeitam nada…

Eles querem tirar todos os direitos das pessoas de ter educação e uma vida com o mínimo de dignidade.

Eles servem apenas aos RICOS e aos próprios interesses.

Quando as pessoas protestam por seus direitos, eles se escondem atrás de seus esquadrões militares de morte…

Políticos são covardes, criminosos do pior tipo.

Eu espero o melhor e desejo que, em breve, possamos tirar esses filhos da puta do ‘poder’.

Aguante Chile

Aguante Brasil

Aguante Sudamerica”

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.