O vocalista do JEHTRO TULL, Ian Anderson, revelou em entrevista para Dan Rather, em vídeo que pode ser assistido no final do post, durante o programa The Big Interview, que possui uma doença de pulmão incurável.

“Eu vou te falar algo que nunca revelei em público antes. E como é você, eu vou aproveitar esse momento para dizer que eu estou sofrendo de uma doença de pulmão incurável que eu fui diagnósticado alguns anos atrás.”

O músico deu detalhes de sua condição:

“Eu tenho o que é conhecido como exacerbações: períodos em que eu tenho uma infecção, ela se transforma em uma bronquite grave e eu tenho talvez duas ou três semanas de dificuldade de ir ao palco e tocar. Dedos cruzados, mas eu tenho tido 18 meses até agora sem exacerbação.”

Além do mais, o músico confessa que seus dias estão contados, mas que está tomando remédios e que fica bem em ambientes relativamente sem poluição.

Sobre os possíveis motivos dessa doença, Anderson culpa um acessório de palco: máquinas de fumaça. Segundo ele, passar 50 anos entre elas é uma parte significativa de sua condição.

Além da revelação, Ian e Dan conversaram sobre o Jehtro Tull, e a flauta como instrumento no rock.

Confira abaixo um trecho da entrevista de Ian Anderson para Dan Rather no The Big Interview, em que conversaram sobre a flauta no rock:

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano apreciador de shows, e uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.