Durante uma aparição recente no podcast “Talk Is Jericho” do vocalista do Chris Jericho (FOZZY), o baixista do IRON MAIDEN, Steve Harris, elogiou a época em que o grupo foi liderado por Blaze Bayley.

Depois que Jericho disse que “The X Factor” de 1995 era um de seus dois álbuns favoritos da MAIDEN, Harris respondeu (abaixo): “Eu realmente gosto desse álbum. É muito pessoal para mim. Eu me lembro de dizer na época em que aqueles álbuns que nós fizemos com Blaze foram lançados, que as pessoas no futuro iriam apreciá-los muito mais. E eles estão – eles estão começando a fazer isso agora. Eles definitivamente os estão apreciando muito mais agora. Eles eram bons álbuns, na minha opinião apenas um ponto no tempo em que, independentemente do que estivéssemos passando no momento, acho que trouxeram algumas coisas realmente boas.

“Eu realmente gosto desse álbum, e dessa época também”, continuou ele. “Nós estávamos brigando – todo mundo estava meio que brigando na época, porque todo mundo achava que o metal estava afundando. E afundou, até certo ponto – mas isso faz você lutar, faz você mudar e lutar mais. Eu gosto disso. Há um elemento nisso, um incêndio, isso é muito importante. É uma parte importante da nossa carreira. Toda carreira tem altos e baixos, seja Bruce [Dickinson] na banda ou não, es assim sempre vai ser. É só surfar na onda, na verdade. No momento, estamos na crista de uma onda, o que é fantástico. Você aguenta o dia todo, mas nunca sabe o que te espera virando a esquina.

Saiba mais sobre IRON MAIDEN.

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.