Antes de mais nada, Matt Pike, frontman do HIGH ON FIRE, citará o aspecto de seu dedo do pé antes dele precisar ser amputado, então, esteja avisado!

Por que o guitarrista e vocalista do High on Fire, Matt Pike, não veste camisetas no palco? Por que teve que ter o dedo do pé amputado? Quando o SLEEP lançará um novo álbum? Temos respostas para duas dessas três perguntas!

Pike falou recentemente com a Metal Hammer, e naturalmente, o fator camiseta de Pike (a falta dela) surgiu na conversa. Para encurtar a história, ele simplesmente não gosta de usar camisetas no palco:

“Bem, eu faço isso porque me sinto confortável tocando assim!” disse Pike. “Eu sempre fiz isso e parte do meu kung-fu no palco vem da maneira como minha correia desliza sobre mim da maneira que ela pega no meu pescoço.

Pike também discutiu a amputação do dedo do pé há alguns anos. Ele disse que acabou fazendo um show com uma salsicha de cachorro-quente na meia antes de o dedo do pé ser amputado, sendo a tal salsicha, o ASPECTO de seu dedo.

“Eu tive uma turnê cansativa e não tive nenhum dia de folga. Eu entrei em um chuveiro sujo e meu dedo do pé foi infectado por uma lesão anterior. Então, eu tive uma infecção óssea. Há bactérias e merdas ruins em todos os lugares, e quando tomei esse banho sujo, tudo explodiu. Eu fiz os últimos shows com uma salsicha de cachorro-quente na minha meia! Eventualmente, fui ver meu podólogo e ela falou ‘eu tenho que amputar’ e eu disse ‘foda-se, boa viagem!’ Aquele dedo do pé só me causou problemas, então foda-se essa merda.

“Eu não teria cancelado a turnê se não precisasse, mas por causa da infecção óssea eu estava tomando antibióticos pesados e precisei de um ambiente médico estéril para trocar de curativo todos os dias. Eu tive que esperar até que os pontos fechassem, e nessa época já estávamos no meio da turnê e, francamente, eu precisava de uma folga. De certa forma, foi realmente uma benção disfarçada. “

Atualmente, o High on Fire está trabalhando em um novo álbum.

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano apreciador de shows, e uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.