Corentin Charbonnier lançou um livro sobre o festival francês de heavy metal Hellfest, festival este que já é considerado por muitos como o principal festival para bandas de metal de todo o mundo.

Intitulado “Hellfest: A Pilgrimage For Metalheads“, o livro estuda e descreve os eventos e rituais que ocorrem durante o festival e como é o evento para os fãs de heavy metal.

Uma visão geral do livro:

O estudo aqui apresentado mostra, através da análise do Hellfest, um festival anual de metal realizado em Clisson, na região do Loire-Atlantique, na França, que essa música constitui uma verdadeira cultura. Para entender a posição atual que o Hellfest ocupa para a comunidade metal, é necessário conhecer sua evolução desde a sua criação, examinar as relações que promove entre os próprios participantes do festival, e entre os participantes do festival e os artistas, e examinar seu papel como local onde uma comunidade sem posição geográfica real pode ser unida durante um determinado período de tempo. As várias sociabilidades experimentadas no Hellfest não podem ser entendidas sem se interessar pela economia específica criada pelos organizadores, uma economia que contribui para o reconhecimento do evento e influencia suas sociabilidades.

Os organizadores estiveram e estão comprometidos em atender aos desejos dos frequentadores do festival de todos os subgêneros da música metal, tornando-os atores e não apenas meros consumidores e envolvendo atores econômicos locais. O Hellfest permite que cada metaleiro faça uma pausa em sua vida em um espaço específico, por um período definido, oferecendo a todos a oportunidade de afirmar ou reafirmar sua identidade por meio de diferentes rituais. É assim a peregrinação de toda a comunidade metal.

Não há informações sobre uma possível versão nacional. Por enquanto o e-book em ingês pode ser comprado aqui.

Sobre o autor Corentin Charbonnier:

Doutor em Antropologia, Pesquisador da ERTS, Corentin Charbonnier publica, com o apoio do Hellfest e de vários parceiros, seu primeiro livro traduzido em inglês, que inclui os elementos essenciais de sua tese de antropologia dedicada ao Hellfest festival, defendido em dezembro de 2015. Corentin Charbonnier também é presidente da associação Throne of Thanatos, presente em muitos eventos desde 2005 e também é fotógrafo de shows. Desde 2016, ele é um pesquisador e fotógrafo independente.

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.