O guitarrista, produtor e engenheiro de som alemão Sascha Paeth, mais conhecido pelo seu trabalho com bandas como Angra, Rhapsody, Kamelot, Edguy, Avantasia e dentre muitas outras, além de ter sido guitarrista da banda Heavens Gate, recentemente gravou um vídeo em seu canal no Youtube, respondendo algumas questões enviadas por seguidores.

No vídeo em questão, Sascha falou sobre muitos assuntos diferentes, inclusive sobre como está sendo sua quarentena, e ainda comentou um pouco sobre a atual situação da Alemanha e do mundo com a pandemia do novo coronavírus.

Ao ser perguntado sobre o que ele acha de reunir o Heavens Gate, Sascha respondeu:

“Eu realmente recebo muito essa pergunta. Pessoalmente, eu não estou planejando reviver o Heavens Gate. Porque eu não vejo isso, pelo menos não no momento. Está meio longe. Quer dizer, sei que as pessoas pedem, e de fato nós nos aproximamos um pouco mais uns dois anos atrás em turnê, e nos perguntamos um pouco se isso seria interessante, pois, eu não me lembro realmente porque nós iniciamos tudo aquilo. Pessoas perguntaram e eu disse uma vez ‘Ok, vamos checar promotores e possibilidades do que podemos fazer para tocar. Se podemos fazer uma turnê e quais são as possibilidades’ e, na verdade, ia ser muito difícil de montar uma turnê ou algo parecido. Então, isso significa que se fossemos ‘voltar’ com o Heaven’s Gate, teríamos que fazer um novo álbum, recomeçar, fazer uma turnê pequena para voltar. Seria muito trabalho e, eu não sei ao certo se é correto, pois talvez não seria pela razão correta. Quer dizer, se nós ainda estivéssemos saindo juntos, e conversando o tempo todo e tudo mais, aí faria todo o sentido, mas nós mal fazemos isso. Quer dizer, nós adoramos pensar sobre como eram bons os velhos tempos, e eu realmente amo o que fizemos, nós fizemos ótimos álbuns e muitas coisas legais, e eu realmente acho que era uma banda um pouco diferente, não era a banda regular de Power Metal. Era diferente, e tinha várias influências diferentes, vários estilos e combinações diferentes, era bem moderno. E era também muito trabalho na verdade, e eu não acho que esse trabalho irá acontecer no momento, não acho que vai acontecer. Talvez se me perguntarem de novo daqui uns cinco anos…”

No vídeo, Sascha ainda fala sobre seu período de convivência com André Matos e sobre como foi trabalhar no Angels Cry do Angra e sobre o projeto Virgo que teve com André, fala sobre sua atual banda, a Masters of Ceremony, e também fala sobre o futuro do seu canal no Youtube, entre muitos outros assuntos.

Confira o vídeo (em inglês) logo abaixo: