Disturbed

O DISTURBED lançou um vídeo de performance para a música “Never Again”, filmado em 2 de julho em Tel Aviv, Israel. A faixa, do álbum “Asylum”, de 2010, foi escrita sobre o Holocausto e alerta pessoas que o negam.

A banda disse:

“Nossa turnê mundial ‘Evolution’ tem sido um prazer absoluto, especialmente compartilhar com todos vocês, ‘Disturbed Ones’.

“Nós ancoramos nossa turnê européia com um show esgotado em Israel, que é um dos muitos destaques desde que começamos esta turnê em janeiro. Assista ao vídeo completo de ‘Never Again’ ao vivo em Tel Aviv.”

O vocalista David Draiman, que é judeu, se dirigiu à multidão em hebraico em vários momentos durante o show no Live Park Rishon LeZion e cantou o hino nacional israelense “Hatikvah”.

Draiman usou uma camiseta das Forças de Defesa de Israel (IDF) durante o show e declarou: “Isso é para todos os soldados da IDF”.

O show de Tel Aviv marcou a primeira vez que DISTURBED cantou “Never Again” desde 2011.

Embora David tenha visitado o país muitas vezes, este foi o primeiro concerto do DISTURBED no estado judeu.

Ambos os avós maternos de Draiman eram sobreviventes do campo de concentração de Bergen-Belsen, enquanto muitos outros do lado de sua mãe foram exterminados pelos nazistas.

O Museu do Holocausto dos Estados Unidos já teve a particiação do vocalista em seu podcasts “”Voices On Anti-Semitism” (Vozes no Anti-Semitismo).

Em um àmbito político mais profundo, nos últimos meses, Draiman tem denunciado a campanha de boicote, desinvestimento e sanções (BDS), que pede uma pressão econômica para que Israel seja forçado a acabar com a ocupação da terra palestina, e conceda aos cidadãos árabes direitos iguais e reconheça o direito de retorno aos refugiados palestinos.

E no início do mês, Draiman falou à rádio KAN, onde ele chamou os defensores do BDS de “idiotas” e “nazistas de terno”.

O vocalista já tem um histórico de lutar contra o que ele chama de trolls do Twitter, que o assedia por suas opiniões, por vezes controvertidas, sobre Israel e seu atual conflito com os palestinos. Draiman teve frequentes trocas de mensagens com seguidores no Twitter, alguns dos quais acreditam que Israel não é inocente no atual conflito com os palestinos.

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.