O vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson, e sua banda solo tocaram no Centro Cultural Bósnio em Sarajevo, Bósnia-Herzegovina durante o auge do Cerco de Sarajevo em 1994. O cerco de quatro anos foi realizado pelo Exército da Republika Srpska (Exército Sérvio da Bósnia) e matou quase 14.000 pessoas no total. O show de Dickinson já foi narrado no documentário de 2016 Scream For Me Sarajevo, que é um bem assustador.

De acordo com a Deadline, Dickinson está trabalhando com o cineasta Sacha Gervasi em um roteiro baseado no show. Dickinson disse que o filme será dedicado a todas as vidas perdidas.

“Os poucos dias incríveis que passei em Sarajevo com minha banda solo antes do Natal de 1994 foram alguns dos mais intensos da minha vida. Criar uma história para trazer as emoções, a loucura, a tragédia e o triunfo para a tela não é uma tarefa fácil,” ele disse.

“Minha própria jornada foi como um cantor de heavy metal de cabelos compridos dirigindo em tiroteios em uma cidade que estava sob cerco há mais tempo do que Stalingrado. A minha não foi, é claro, a única jornada feita naquele dia, e depois, em casa em Londres, Deixei para trás em Sarajevo companheiros de viagem na estrada da vida. Este filme é, na verdade, dedicado à história deles, não à minha. “

Rede Metal no Instagram:

Avatar
Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.