Logo que ouvi a notícia da volta do monstro Dave Ingram ao quinteto inglês Benediction, fiquei anciosíssimo para ouvir o novo material da banda. E poutaqueupareu, que discaço!!!

Contanto com doze faixas e pouco menos de 50 minutos o disco é uma aula de death/thrash da altíssima categoria. Alternando entre levadas com mais peso e cadência, e partes de velocidade e violência pura.

Já na primeira faixa a banda mostra o que vem por aí e Dave Ingram mostra uma técnica afiadíssima e encaixa com perfeição na sonoridade do disco.

“Stormcrow”, é rápida com mudanças insanas de andamento que com a batera de Giovanni Durst comendo solta, enquanto “The Crooked Man” apesar de um pouco mais lenta traz um peso absurdo.

Outra faixa insana é “Rabid Carnality”, que parece um caminhão desgovernado em direção ao abismo e levando tudo pela frente.

Não posso deixar de mencionar a produção que ficou a cargo do magoScott Atkins que já trabalhou com monstros como Behemoth, Cradle Of Filth e Amon Amarth.

Pra ouvir no talo.