O vocalista, baixista e compositor Tobias Sammet, conhecido por seu trabalho como frontman da banda alemã Edguy e por ser a principal cabeça por trás do projeto de metal opera Avantasia, anunciou em suas redes sociais que está, neste momento de quarentena devido à pandemia do novo Covid-19, trabalhando no próximo álbum do Avantasia.

O músico, com muito bom humor, postou uma foto nova com a seguinte mensagem:

“Mágica na teoria e na prática. Eu gosto dessa foto pois revela muito sobre meu ambiente de trabalho preferido aqui em casa. O sucessor de Moonglow já está sendo trabalhado, vai levar um tempo, mas eu amo o que já fiz até agora! Mágica!”

O Avantasia é um projeto que conta com vários instrumentistas e vocalistas renomados de outras bandas (nomes como Michael Kiske, Roy Khan, Kai Hansen, Jorn Lande, Eric Martin e Andre Matos já marcaram presença), e é liderado por Tobias Sammet, que assina a composição das músicas e das letras, além de gravar vocais, linhas de baixo e de teclado.

Até o momento nenhum nome foi revelado para o sucessor do Moonglow, último álbum do projeto até então, lançado em 2019, com exceção do já esperado guitarrista e produtor alemão Sascha Paeth, o qual Tobias Sammet tem como grande parceiro de trabalho, tanto no Edguy quanto no Avantasia, sempre produzindo e mixando os trabalhos de Tobias, além de atuar também como guitarrista no Avantasia.

E 2020 é um ano importante para o Avantasia, uma vez que a metal opera está completando duas décadas de existência. Tobias Sammet teria agendado alguns shows iniciais para comemorar a marca de 20 anos de sua criação, mas devido à crise sanitária mundial, essa celebração deverá ocorrer somente em 2021.

Enquanto isso, o Edguy, banda na qual Tobias Sammet iniciou sua carreira musical nos anos 90, está em um momento de pausa das atividades. O último álbum de inéditas foi o Space Police – Defenders of the Crows, de 2014. Após isso, uma coletânea, intitulada Monuments, foi lançada em 2017, com uma música inédita e uma pequena turnê para divulgação.

Veja clipe ao vivo de Draconian Love, do álbum Moonglow, gravado aqui no Brasil, no Espaço das Américas, em 2016:

Aficionado pela vertente mais melódica do estilo, em especial o Power Metal. Começou a ouvir um som mais pesado no início dos anos 2000, e até hoje tem como hobby conhecer novas bandas que possam integrar sua lista de audição.