Em entrevista recente, principalmente por conta do último lançamento de sua atual banda, THE DARK ELEMENT, Anette Olzon, ex-Nightwish, acabou caindo no tema de sua ex-banda, e quando perguntada sobre se algum dia ela iria se reunir com seus ex-companheiros de banda do Nightwish no palco, a vocalista foi bem enfática:

Anette: “Não. Nunca. Porque posso dizer assim: existem coisas que eles precisam fazer antes que isso aconteça e ainda não fizeram. Eles me trataram tão mal que, me desculpe, mas como é que isso poderia acontecer, eu vejo isso nunca acontecendo “.

Olzon entrou para o NIGHTWISH em 2007 e gravou dois álbuns de estúdio com a banda antes de ser demitida em 2012 no meio da turnê norte-americana do grupo. Ela foi substituída pelo ex-vocalista do AFTER FORECER, Floor Jansen. Olzon mais tarde afirmou que surgiu uma discussão entre ela e o Nightwish quando ela pediu que uma turnê australiana fosse adiada durante a gravidez. O frontman Tuomas Holopainen sugeriu que Jansen deveria liderar a banda temporariamente, mas Olzon disse que não.

Anette explicou em uma entrevista de 2014: “Eu estaria grávida demais para ir para a Austrália, então queria adiar as datas, mas Tuomas não queria isso. As discussões sobre um substituto surgiram e, a princípio, eu estava, tipo, ‘Sim, bem, tudo bem.’ Mas quando eles mencionaram Floor, foi um “não” automático de mim. Não achei que fosse uma boa ideia, porque sabia o que iria acontecer – sabia que os fãs adorariam Floor, porque ela é uma cantora de metal e eu uma cantora pop e queria manter meu emprego “.

Um ano após o NIGHTWISH demitir Olzon, a banda divulgou um comunicado negando que ela foi demitida por causa de gravidez ou doença. “Descobrimos que a personalidade dela não se encaixava nessa comunidade de trabalho e era prejudicial a ela“, afirmou o grupo. O NIGHTWISH continuou dizendo que Anette estava inicialmente receptiva à idéia de contratar um substituto temporário se não pudesse “gerenciar tudo“, mas que mais tarde “voltou atrás em sua decisão e as dificuldades realmente começaram. Medo de perder o dinheiro e sua posição parecia óbvio.” A banda também insistiu que “Anette e sua companhia” recebiam “com um quinto de tudo o que foi feito durante seu tempo” com o NIGHTWISH.

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.