A baixista Mia Wallace afirmou, pelas redes sociais, que não é mais integrante do ABBATH, banda solo do ex-frontman do IMMORTAL. A musicista, que também integra os grupos Triumph of Death e Niryth, pontuou que foi “forçada” a deixar o grupo.

“É com tristeza que fui forçada a sair do Abbath. Foi um período desafiador, mas empolgante, e estou orgulhosa de minha contribuição ao álbum ‘Outstrider’, os shows, os clipes e a promoção visual da banda no geral”.

Mia Wallace disse que “realizou um sonho” ao integrar o Abbath e que foi “leal” à equipe e ao próprio frontman.

“Todos podem ver que naquele show na Argentina, fiquei no palco até o fim”, afirmou ela, citando a apresentação em Buenos Aires onde o líder do grupo sobe ao palco bastante alterado e não consegue cantar ou tocar uma música sequer.

Ao comentar sua saída, a baixista comentou:

“Nem sempre concordei com certas outras pessoas da equipe do Abbath. Dei minha opinião honesta, sem intenção negativa, mas nem todos entenderam assim. Estou decepcionada com o fato de nenhum dos meus ex-colegas tenham entrado em contato comigo nesse processo, com exceção da ligação de 5 minutos do empresário dizendo que eu não seria mais necessária ao projeto”.

Mia pontuou, ainda, que recebeu ordens para “não entrar em contato com ninguém da banda”. “A explicação não teve fundamento e só me deixou mais confusa. Eu estava me preparando para a turnê pela Europa. Tive que cancelar outros planos e tirar uma folga do meu emprego para a turnê que tanto me preparei”, disse.

Por fim, ela agradeceu aos “fãs, imprensa, todos do Season of Mist e colaboradores do Abbath”.

“Obrigado! Significa muito para mim neste período difícil. Também desejo o melhor a Abbath, que sempre admirei como artista, e agradeço pela oportunidade. Agora, devo focar em meu próximo passo. Há vários projetos interessantes vindo. Prometo que esta não será a última vez que vocês ouvirão falar de mim”.

Após o vexame na Argentina e uma turnê cancelada no Brasil, Abbath deu início, neste mês de janeiro, a uma nova tour pela Europa. Em um vídeo divulgado nas redes sociais antes dos shows começarem, o músico disse que está sóbrio havia 2 meses.

Fã de sludge/stoner/doom e bandas pontuais de várias outras vertentes. Paulistano esperando a volta segura de shows, fã de uma boa competição, seja ela qual for. Aqui na Rede Metal faz curadoria e publicação de conteúdo e toda parte administrativa e estratégica.